50 anos sem o Sugar Kane

A notícia divulgada ao amanhecer do dia 5 de agosto de 1962 foi o assunto em todo o mundo: a atrizMarilyn Monroe, com apenas 36 anos de idade, foi encontrada morta em sua casa, na Califórnia. A musa que atraía todos os olhares e flashes por onde passava agora era estrela de um momento mórbido e inesperado para todos.

capa-950x340Ainda que tenham se passado 50 anos de sua morte, o suposto suicídio acidental causado por uma mistura perigosa de calmantes e álcool ainda não é bem aceito. O médico legista de Los Angeles, Thomas T. Noguchi é uma das pessoas que olham com dúvidas sobre a perícia do caso, como documenta em seu livro lançado em 1987. Porém, mesmo que tenhamos dúvidas sobre o caso, ao citarmos o nome Marilyn Monroe não é de sua partida que lembramos e sim de sua contribuição enquanto viva para o cinema.

A ATUAÇÃO DIGNA DE UMA VERDADEIRA “LOIRA BURRA”

Podemos dizer que um dos filmes do auge da carreira do maior sex symbol norte-americano, Some Like It Hot (em tradução livre: Quanto Mais Quente Melhor), do diretor Billy Wilder, consagrou o estereótipo que rende muitas piadas de mau gosto sobre a estética da atriz. O que chamamos de “loira burra” hoje, não se deve só pela personalidade do personagem do filme de 1959, que esconde em sua beleza uma profunda tristeza, causada pela pouca sorte com o sexo oposto. Mas, também, a beleza inquestionável da própria Monroe que era capaz de conquistar fortunas. Se, casar com um milionário era o sonho de Sugar Kane, em sua vida real, Marilyn Monroe enfrentava problemas diariamente com o que circulava a respeito de sua imagem e de seus relacionamentos com famosos.

ALÉM DE SUAS CURVAS

O enredo do filme, rodado em preto e branco, se passa na cidade de Chicago, em 1929, onde os personagens de Tony Curtis e Jack Lemmon, dois músicos desempregados, são testemunhas de um massacre feito por gângsteres. Para se safarem, eles escapam e fogem para a Flórida com uma banda feminina, se travestindo de mulher. Ainda hoje, décadas depois, a dupla nos diverte e disputa nossa atenção em meio à admiração e suspiros que a voz e as danças da premiada pelo Globo de Ouro nos provocam.

A quem assiste ao filme pela primeira vez ou para relembrar o sucesso de Sugar Kane, não resta dúvidas: o filme clássico entra para a lista de favoritos e jamais será esquecido. Entretanto, os traços bem desenhados, a pele lúcida e as curvas almejadas de Marilyn Monroe poderão um dia ser esquecidas?

Tony Curtis e Marilyn Monroe nas filmagens de Some Like It Hot. Foto: divulgação.
Tony Curtis e Marilyn Monroe nas filmagens de Some Like It Hot. Foto: divulgação.

Confira também:
“Sete Dias com Marilyn”, de Simon Curtis, traz Michelle Williams no papel da atriz. O filme é uma adaptação do livro homônimo de Colin Clark, que na época como assistente de filmagens pôde acompanhar momentos conturbados na vida de Marylin.

Texto publicado em: UNIPAUTAS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s